Ligue: (41) 3359-9729

Passarinho, que som é esse? – Como é o som do Piano

Você já teve a curiosidade de saber como é o som do Piano? Confira no vídeo abaixo a música Passarinho, quem som é esse? – Piano, e logo abaixo veja algumas curiosidades sobre este instrumento.

O som do Piano

A música Passarinho, quem som é esse? – Piano é uma composição original de Hélio Ziskind para o programa Castelo Rá-Tim-Bum, produzido nos anos 90 pela TV Cultura.

O surgimento do Piano

O piano foi criado pelo inventor italiano Bartolomeo Cristofori, por volta de 1700. Depois de se aperfeiçoar na produção de cravos, instrumento que antecedeu o piano, Bartolomeo começou a testas algumas mudanças no instrumento precursor e quis criar um tipo de cravo melhorado. A principal diferença entre o piano e o cravo está na forma como produzem o som. No cravo original, as cordas estão ligadas às teclas e são “beliscadas” por uma espécie de agulha, e assim produzem o som sempre na mesma intensidade.

No piano, este mesmo trabalho é feito por martelos que se afastam logo depois de tocar as cordas – o que faz com que elas vibrem livremente. Outro ponto importante é que de acordo com a intensidade com que o músico toca as teclas, estas podem emitir sons suaves ou fortes, coisa que não é possível fazer no cravo.

O nome piano é  um apelido para o nome completo italiano do instrumento, que é 0 pianoforte. Este nome mais longo foi dado ao instrumento com base na sua capacidade de tocar notas suavemente (piano) ou muito alto (forte).
Som do Piano acústico

Tipos de Piano

Hoje no mSom do piano digitalercado de pianos, há dois tipos de piano acústico, o piano acústico vertical e o piano acústico de cauda. O que difere os pianos acústicos entre si é o mecanismo utilizado para produzir o som em cada um deles.

No piano de cauda as cordas ficam na posição horizontal, aproveitando o espaço do instrumento e ficando paralelas ao chão, desta forma espalham o som mais facilmente. Esse tipo também possui uma grande tampa que, quando aberta, expõe todo o mecanismo interno e ajuda a projetar o som.

O piano vertical, que é considerado um piano pequeno, também é chamado de piano de armário. Em função de sua forma, as cordas ficam em formato vertical ou diagonal, para aproveitamento do pouco espaço disponível. A tampa deste modelo é pequena e pouco influencia na projeção do som.

Pianos elétricos e teclados

Existe ainda no mercado o piano digital, que difere dos acústicos em função de seus mecanismos de produção sonora. Trata-se de um instrumento eletrônico que produz seus sons através de dados guardados digitalmente em sua memória.

Os pianos digitais, também conhecidos como teclados, são amplamente usados na composição de músicas eletrônicas e eletroacústicas. Geralmente são usados em conjunto com sistetizadores digitais para obter infinitas possibilidades sonoras, inclusive imitando artificialmente o som de outros instrumentos.

Os pianos elétricos normalmente tem o “peso” das teclas semelhante aos modelos acústicos, enquanto que os teclados eletrônicos geralmente tem teclas mais “leves” que os pianos convencionais.

Curiosidades sobre o piano

O piano tem 88 teclas e são necessárias 230 cordas para um piano fazer a sua gama completa de som. Há uma incrível quantidade de pressão sobre essas cordas também – mais de 30 toneladas de pressão pode ser exercida em um grande concerto.
As teclas do pianos são pretas e brancas por conta do recurso disponível para a fabricação das mesmas: ébano, uma madeira escura (preta) e marfim (presa de elefante = branca). Porém, para garantir a proteção dos elefantes, o marfim não é mais utilizado desde 1960, sendo que hoje em dia utiliza-se um material sintético que atinge a qualidade necessária para uma boa performance.

Grandes pianistas da história

  • Johann Sebastian Bach tocou em 1747 (em um piano fabricado por Silberman), diante de Federico O grande, trazendo reconhecimento ao novo instrumento.
  • Beethoven, foi um compositor alemão que com o piano desenvolveu todas suas possibilidades, não apenas técnicas mas também expressivas, se transformando algumas vezes em uma pequena grande orquestra.
  • Mozart  ainda era uma criança quando começou a compor, com apenas 5 anos de idade. Era um pianista consumado, um dos maiores virtuosos de todos os tempos
  • Federico Chopin, foi um pianista polonês-francês radicado na França e compositor para piano da era romântica. Toda a obra de Chopin envolve o piano, tanto solo como acompanhado. Tem-se conhecimento de 264 obras de sua autoria.
  • Franz Liszt, foi um compositor, pianista, maestro e professor, ganhou fama na Europa durante o início do século XIX por sua habilidade como pianista virtuoso. Foi citado por seus contemporâneos como o pianista mais avançado de sua época.
  • Kraftwerk é um banda alemã de música eletrônica formada apenas por pianistas/tecladistas. Surgiram em 1970 com sua formação muito peculiar para a época, e até hoje é considerada por muitos como a banda mais influente na cultura pop de todos os tempos.

 

Gostou de conhecer mais sobre esse instrumento?
Que tal aprender a tocar Piano?

Agende sua Aula Experimental Gratuita!

Deixe um Comentário